Notícias

27/11/2017 | 19h12min

Acadêmicos vivenciam o conhecimento na prática no Uruguai

Entre os dias 01 e 05 de novembro, os acadêmicos das Faculdades integradas São Judas Tadeu participaram de uma viagem acadêmica no Uruguai. Neste período, os estudantes, que estavam acompanhados pelos professores Pedro Paulo Sá Peixoto, Profª Luciana Oliveira e Prof. Idalécio, visitaram a Vinícola e Indústria de azeite Garzón, na cidade de Maldonado. A visitação foi acompanhada por uma bióloga, que apresentou toda a região com uma preocupação muito forte na preservação ambiental e sustentabilidade. No dia seguinte, o grupo partiu para Montevideo, onde conheceram a Universidade Católica através de uma palestra ministrada pela Prof° Horta, que também é economista e coordenadora dos cursos de negócios da Universidade. O Teatro Solis, a Praça Independência e o Mercado Del Puerto foram alguns dos pontos turísticos do roteiro. Em Punta del Este, os acadêmicos foram nas principais praias, ruas do centro, no monumento a Los Dedos e a Casapueblo.

As atividades tiveram como principal objetivo proporcionar o conhecimento na prática aos acadêmicos dos cursos de Administração, Ciências Contábeis, Direito e Tecnólogos. Conforme Peixoto, elas fazem parte do currículo das faculdades, onde os alunos capturaram todas as dimensões que podem ser abrangidas pela visão interdisciplinar proporcionada pela viagem. Os mesmos também se envolveram com observações e estão em fase de confecção de relatórios pós-viagem. O foco de vivência no exterior mobilizou imediatamente e efetivamente grande parte dos 400 alunos com muita euforia e empolgação.

Peixoto afirma que experimentar o mundo é fundamental para o crescimento pessoal e profissional. “Atualmente, a internet é capaz de reduzir fronteiras, contudo, nada transforma mais o ser humano que conviver com outros costumes, com novas pessoas, com diferentes hábitos, com novas mentalidades e novas ideias. Entender que existem diferenças e reconhecer que devemos estar prontos para aceitá-las faz parte da transigência do mundo moderno. Oportunizar essa experiência e preparar o aluno para o futuro é um objetivo das Faculdades São Judas e é isso que pretendemos quando oportunizamos uma viagem acadêmica aos nossos alunos”, destaca.

Durante a passagem pelo país, os acadêmicos tiveram contato com questões como câmbio, procedimentos de fronteira, acordo para permissão de residência, estudo e trabalho na fronteira, além de informações nas áreas de gestão social e ambiental - procedimentos em hotéis, no sistema de transporte e nos locais públicos, e certificações ambientais; análise de mercado, posicionamento, percepção, trade marketing e comunicação integrada.

A São Judas Tadeu realiza, periodicamente, viagens que visam potencializar a vivência e o conhecimento na prática. Ao todo, mais de 150 acadêmicos participaram de atividades semelhantes no ano de 2017.

Voltar