Notícias

30/05/2018 | 19h11min

Lugar de mulher é onde ela quiser: deixa ela falar!

Na sexta-feira, 18 de maio, realizamos mais uma edição do projeto Papo Cabeça, que reúne alunos do Ensino Médio para uma conversa sobre cidadania, democracia, ética e política. Com a mediação do professor de História, Rafael Linck, a convidada especial deste mês foi a estudante de Pedagogia Tamires Paveglio, que falou sobre o tema “Lugar de mulher é onde ela quiser: um debate sobre a luta das mulheres por direitos na sociedade contemporânea”.

Durante o evento, Tamires apresentou diversas estatísticas brasileiras para exemplificar o assunto para os alunos e alunas do Colégio. Em 2016, a ONU divulgou um estudo onde mostra que o Brasil é o 5º maior no mundo nos casos de feminicídio, que são os crimes motivados pelo fato da vítima ser mulher. Além disso, a pedagoga atentou ao fato de ser alto os números dos assédios em nosso país e que não há um acolhimento das mulheres que procuram as delegacias para denunciar estes abusos.

No bate-papo, as alunas participaram dando diversos exemplos de suas próprias vivências. Já os alunos, participaram de forma mais sutil, onde Tamires enfatizou: “é muito importante esse debate sobre igualdade que estamos tendo, principalmente por termos homens aqui presentes, pois vocês também podem e devem participar destas conversas e só vamos mudar a sociedade quando homens e mulheres mudarem juntos”. Ela ainda afirma que não há brincadeiras de meninos e brincadeiras de meninas, todas as atividades devem ser realizadas juntas quando as crianças ainda são bem pequenas. “Ninguém nasce machista ou com ideias desiguais entre homens e mulheres, isso é a sociedade que doutrina”, declara. O que se sabe é que este assunto deve ter espaço não somente no ambiente escolar, mas em todos os âmbitos da sociedade. Deixa elas falarem, pois há muito ainda o que se ouvir. 

Voltar