Notícias

08/12/2016 | 17h15min

Colégio recebe 7º Prêmio Inovação em Educação

Na noite de ontem, 1º de dezembro, o Sindicato do Ensino Privado (SINEPE/RS) comemorou seu aniversário de 68 anos com entrega do 14º Prêmio Destaque em Comunicação, 11º Prêmio de Responsabilidade Social e 7º Prêmio Inovação em Educação. O evento, que aconteceu no Teatro da PUCRS, contou com a presença de mais de 350. O Colégio São Judas Tadeu foi premiado com o projeto Reconectando a infância na natureza – uma proposta de educação para a sustentabilidade da Escola de Educação Infantil – São Judas Tadeu. A Instituição foi representada pela coordenadora pedagogia da Educação Infantil Tais Helena Pinheiro Soldateli e pela professora de Educação Ambiental Claudia Padão.
Além da entrega de prêmios a 22 projetos, também foram destacados outros 63 projetos que obtiveram nota igual ou acima de 8. Também foram prestigiadas pessoas e organizações que atuam em benefício da educação. Subiram ao palco para receber a homenagem a jornalista do Grupo RBS Rosane de Oliveira (Prêmio Excelência em Comunicação); Luiz Carlos Zancanella Júnior, idealizador do projeto Ecobarreira da Safeweb (Prêmio Excelência em Responsabilidade Social); e a representante do Instituto Inspirare e editora do portal Porvir, Tatiana Klix (Prêmio Excelência em Inovação na Educação).
O projeto Reconectando a infância com a natureza – uma proposta de educação para a sustentabilidade teve início em 2013, quando a Instituição instalou a nova sede da Escola de Educação Infantil num local amplo e arborizado, planejando que as crianças interagissem com a natureza, respeitando seu tempo.
Entre os objetivos do projeto estão proporcionar e estimular o contato com a natureza, aumentando o tempo das crianças ao ar livre, plantar mudas na horta, nos canteiros de ervas e nos canteiros das flores, semear diferentes sementes e acompanhar sua germinação, regar os canteiros, hortas e sementeiras, observar o minhocário e a vermicompostagem, e compreender a reciclagem da matéria.
São proporcionados, ainda, momentos aos ar livre envolvendo as famílias, para que se sensibilizem, como a Semana do Brincar, o São Judas na Praça e a Gincaninha Solidária. Participar da Semana Lixo Zero e da Virada Sustentável Porto Alegre são importantes marcos que reforçam o empoderamento dos alunos em relação a valores eco-responsáveis, como o consumo consciente e o correto destino dos seus resíduos.
"Trabalhamos na escola com objetivo de proporcionar que as crianças cresçam, se desenvolvam e aprendam em contato com a natureza, garantindo uma infância feliz, criativa e saudável. Conquistar com este projeto, o primeiro lugar, em uma premiação que valida práticas inovadoras em educação, é muito gratificante pela comprovação da relevância que ele tem na formação integral dos alunos”, afirma Taís Helena Soldatelli, supervisora pedagógica da Educação Infantil.
“Nosso projeto é realmente muito sério, somos convictos da relevância da educação ambiental. Desenvolvemos um grande projeto de educação ambiental na Instituição, o São Judas Sustentável, que apresenta dois pilares: o Núcleo de Sustentabilidade, também premiado em 2015, e a Educação Ambiental, desenvolvida em todos os níveis educacionais da Instituição. O projeto Reconectando a infância à natureza, uma proposta de educação para a sustentabilidade é desenvolvido na educação infantil por acreditarmos que é a partir da infância que devemos desenvolver estes valores. Nos anos iniciais do ensino fundamental teremos também, a partir de 2017, a disciplina Educação para a Sustentabilidade, pois somente através de uma educação coerente, cidadã e sistemática conseguiremos mudanças significativas na cultura da sustentabilidade”, destaca Claudia Padão, professora de Educação Ambiental.
"A educação é o principal vetor de transformação do mundo e da sociedade. Foi baseado nessa premissa que criamos o projeto "Reconectando a infância na natureza: uma proposta de educação para a sustentabilidade", hoje alicerce de nossa proposta pedagógica na Educação Infantil. Um projeto de educação integral, de respeito a vida e ao planeta, de formação de seres humanos comprometidos, conscientes e solidários, os nossos "cuidadores da natureza" que multiplicarão as sementes da sustentabilidade", Graziela Loureira, diretora de ensino do Colégio São Judas.

Voltar